A hora é agora.


      Sempre tive a mania terrível de deixar tudo pra depois. Procrastinação era meu sobrenome. Pra que fazer hoje o que eu posso fazer amanhã? Pra quem finalizar hoje o que posso finalizar amanhã? Pra que tomar decisões hoje, se eu posso deixar tudo pra depois? E é um depois que nunca chega. Um depois que vai se estendendo até nunca acontecer. Mas olha como a vida é louca e maravilhosa: o depois de repente é agora.
       Não tem dia melhor para uma mudança do que hoje. Amanhã pode nem chegar, ou as coisas podem se complicar. Mas hoje não. As mudanças hoje só dependem da gente. Um passo de cada vez, mas dando o primeiro passo agora.
       Esses dias tomei uma decisão que vai mudar a minha vida, e vai consequentemente mudar o meu futuro. Algo que era certo, já não é mais, e talvez as incertezas assustem, mas esse é o lado bom da vida. Não é excitante, de certa forma, não saber como será seu futuro? Nunca fui dessas que tem tudo planejado e seguem um roteiro. Eu gosto é das surpresas que a vida dá, quando tudo tá te levando para um caminho e a vida dá uma volta e tu vai pra onde nunca se imaginou.
       Quando você tem um sonho e transforma ele em uma meta, com todo o planejamento, com todo o seu amor e dedicação, tem como dar errado? E o "dar errado", não vale a pena mesmo assim? Tudo é experiência, tudo é aprendizado. Tenho a certeza de que quando você planta e espalha amor por aí, a vida te traz coisas boas de volta sim.
       Essa semana dei de cara com uma imagem que contia a palavra "meraki", e ela significa "fazer algo com alma, criatividade e amor. Colocar parte de si em algo que está a fazer". Essa palavra talvez resuma a minha vida.
      Eu sempre fui uma pessoa receosa, que reluta muito até se entregar de corpo e alma, seja na vida profissional ou pessoal. Sempre fui de pensar "e se?". E se eu me ferrar no final? Mas mesmo assim, eu sempre me entreguei. Sempre dei o melhor de mim. Quebrei a cara no final? Muitas vezes. Mas em todas aprendi alguma coisa. E cara, essa é a vida. Tu se joga mesmo, tu quebra a cara mesmo, mas tu aprende.
       Posso dizer que aprendi que todo mundo merece se entregar, todo mundo merece dar todo o seu amor e se sentir plenamente feliz por isso. Quebrar a cara é consequência. Então, pegarei todo o meu amor, toda a minha dedicação e criatividade e mergulharei de cabeça em algo bom pra mim.
       Se eu pudesse dar um conselho para todas as pessoas, eu diria: dê amor! Espalhe amor por onde for, da forma que for! Seja por beijos, abraços, ou pelo seu trabalho. É clichê, mas o mundo já é cheio de problema, pra que espalhar ódio?
       Bom dia, obrigada, com licença. Nossa, que sorriso lindo! Tudo bem com você? Ei, eu entendo você! Não fica assim, tudo vai ficar bem. Ei, não chora. Sorria! Não vou fazer isso, talvez machuque alguém. Empatia, empatia, empatia. Amor, pra quem for, por onde for.

0 comentários:

Postar um comentário